Imprimir esta página
Na oportunidade, o presidente da Fecomércio/RO, Raniery Coelho, entregou ao Governador a Proposta para o Desenvolvimento Aéreo de Rondônia Na oportunidade, o presidente da Fecomércio/RO, Raniery Coelho, entregou ao Governador a Proposta para o Desenvolvimento Aéreo de Rondônia
28
Fevereiro

Governador Marcos Rocha apoia o Alfandegamento do Aeroporto de Porto Velho Destaque

Escrito por  Asfecom
Publicado em Fecomercio

O presidente do Sistema Fecomércio/SESC/SENAC/IFPE e vice- presidente da CNC, Raniery Araújo Coelho e o consultor Osvino Juraszek, participaram na manhã desta quarta-feira (27) de uma reunião com o Governador de Rondônia, Marcos Rocha, para tratar do Alfandegamento do Aeroporto de Porto Velho. 

 

Participaram da reunião os titulares da Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestutura (Sedi), Sérgio Gonçalves, Gilvan Pereira da Superintendência de Turismo (Setur), Luiz Fernando Pereira da Silva e o adjunto Franco Maegaki Ono, da Secretaria de Finanças (Sefin),  o diretor - geral do DER Coronel Meireles, o Superintendente Regional da Polícia Federal, Caio Rodrigo Pellim, o superintendente da Receita Federal, Reriton Weldert Gomes, a superintendente da Infraero, Fabiana Oliveira, Gilberto Scheffer da Associação Brasileira de Táxi Aéreo (ABTAer) e do Sindicato Nacional de Táxi Aéreo (Sneta),o superintendente da Fiero, Gilberto Baptista, a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV-RO) Shirlene Santos e o vice-presidente Márcio Barreto. 

 

Na oportunidade, Raniery Coelho, entregou nas mãos do Governador, a Proposta para o Desenvolvimento Aéreo de Rondônia e reforçou que a Fecomércio é parceira de projetos voltados ao crescimento do Estado. “A Federação do Comércio e seus sindicatos filiados lutam pelo alfandegamento do Aeroporto de Porto Velho há mais de quatro anos. Este é um passo indispensável para o progresso de Rondônia. Internacionalizar o aeroporto de fato, vai expandir as oportunidades de negócios, abrindo as portas para o mundo. O Brasil tem jeito, porque o Brasil tem Norte”, destacou o presidente. 

 

Raniery agradeceu ainda as entidades parceiras que acompanham o processo desde o início. “Queremos ressaltar o empenho de todos para que chegássemos neste momento, na concretização desse sonho. Agradecemos especialmente, ao governo do Estado, que está aportando os recursos necessários para fazer os investimentos que irão viabilizar o nosso tão esperado alfandegamento”, disse. 

 

O Governador de Rondônia, Marcos Rocha disse que “reconhece a importância do Alfandegamento para o desenvolvimento do Estado e ressaltou que é necessário melhorar a malha aérea para que tenhamos voos regionais, ligando nosso interior a capital”. O titular da Sedi, Sérgio Gonçalves, informou que “as instituições que estão a frente do processo terão até cinco dias para indicar os membros que irão compor o grupo e assim dar andamento aos trabalhos". 

 

Já a Polícia Federal, representada pelo superintendente Caio Rodrigo Pellim disse que está de acordo com o alfandegamento e destacou que assim que forem resolvidos todas as questões legais estarão fazendo a sua parte. O Superintendente da Receita Federal, Reriton Gomes, também se comprometeu e disse que após as etapas de adequações necessárias, se empenharão para finalizar o processo com seu efetivo.

Ler 225 vezes Última modificação em Quinta, 28 Fevereiro 2019 12:52
Avalie este item
(0 votos)