Imprimir esta página
24
Junho

Acesso ao PRONAMPE, por enquanto, em Rondônia, somente na Caixa econômica Destaque

Escrito por  Asfecom
Publicado em Fecomercio

 

Bancos devem operar com o programa somente a partir de 15 de julho e o governo federal estuda prorrogar validade do programa para 180 dias.

 

 

 

O governo federal deve estender a vigência do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE) devido à demora para as instituições financeiras se habilitarem para disponibilizar crédito.  Os recursos, no total de R$ 15,9 bilhões, estão disponíveis desde o dia 10 de junho, mas até agora apenas a Caixa Econômica Federal foi autorizada a liberar os empréstimos. O programa tem validade de 90 dias, porém, Guilherme Afif Domingos, assessor especial do ministro da Economia Paulo Guedes, afirmou que deve ser estendido por mais 90 dias.

Algumas instituições financeiras estão comunicando os clientes que, em um primeiro momento, oferecerão a linha apenas para empresas com faturamento de até R$ 360 mil, ou seja, para microempresas. Este tipo de comunicado é feito, por exemplo, pelo Banco do Brasil às empresas que buscam o recurso na instituição. Gerentes de bancos também estão cobrando Taxa de Abertura de Crédito (TAC) dos empresários interessados em empréstimos via Pronampe. Segundo Afif, “não é para o empresário aceitar” essa cobrança.

 

ACESSO AO PRONAMPE EM RONDÔNIA

Em Rondônia o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia - Fecomércio/RO, o empresário Raniery Araujo Coelho, solicitou informações e pediu agilidade no crédito aos bancos oficiais tendo recebido  respostas da Caixa Econômica Federal-CAIXA que informou estar operacionalizando a linha de crédito do Pronampe desde o dia 16 de junho, tendo contratado somente no dia seguinte (17) R$ 160 milhões de reais, com um valor médio de R$ 51 mil reais.  A CAIXA, que pediu apoio na divulgação à Fecomércio/RO de que seu atendimento, por causa do coronavírus é virtual, e que está atendendo os empresários que buscam a linha de crédito, seja cliente ou ainda não, através da manifestação de interesse que o cliente apresenta no portal disponível para este fim: www.caixa.gov.br/pronampe  ou www.caixa.gov.br/caixacomsuaempresa. E do Banco da Amazônia esclareceu que, por se tratar de uma linha de crédito nova, ainda estão implantando com previsão de operar nos próximos 15 dias. Ainda assim o cliente já pode fazer seu cadastramento através do site  https://www.bancoamazonia.com.br/index.php/fale-conosco/fale-conoscoou dasduas agências de Porto Velho: 1) Avenida 7 de Setembro, 851, bairro Nossa Senhora das Graças, esquina com Rua Salgado Filho; 2) Avenida Pinheiro Machado, 2286, bairro São Cristovão.

O secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, afirmou nesta quarta-feira que o Pronampe, programa de garantia para crédito a micro e pequenas empresas, já está disponível no Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob). Em coletiva de imprensa, ele acrescentou que outras 12 instituições estão em processo de habilitação, aguardando a compatibilização de seus sistemas para passarem a operar dentro do programa. Costa disse que três grandes bancos, duas cooperativas de crédito, duas fintechs e algumas agências de desenvolvimento e bancos de fomento integram essa lista até agora. "É um sinalizador que produto será um sucesso".

Ler 312 vezes Última modificação em Quarta, 24 Junho 2020 21:10
Avalie este item
(0 votos)