Imprimir esta página
21
Janeiro

1-     Apresentação

 

O Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade de Rondônia – Conetur - foi lançado e institucionalizado em 27 de agosto de 2015 com o propósito de unir esforços da iniciativa privada e poder público para fomentar a atividade turística no Estado, tornando-a um importante segmento na economia estadual.

A cadeia produtiva do turismo movimenta cerca de 52 atividades e serviços, portanto, uma inquestionável  fonte de desenvolvimento , com geração de emprego e renda para os vários segmentos sociais.  

 

 

Missão:  Ser um Conselho consultivo com atuação sinérgica das instituições componentes para o desenvolvimento do turismo no Estado”.

 

Visão: “Ser referência para o fomento da oferta turística no Estado e articular a promoção do turismo rondoniense em nível nacional”.

 

Princípios e Valores: “Comprometimento - Ação pelo propósito - Cultura da Excelência - Empreendedorismo - Ética – Lealdade”.

 

Bandeira: “Promover o reconhecimento do turismo como um eixo do desenvolvimento socioeconômico do estado de Rondônia”.

 

Objetivo Estratégico (2015 – 2018): Consolidação dos pólos turísticos de  Porto Velho, Ouro Preto do Oeste e Guajará Mirim

 

2-     Composição

FECOMERCIO/RO; SINDHOTEL; SEBRAE; IPHAN; SEMDESTUR; AROM; SIRECOM; SETUR; SINDILOJAS; SRTE/RO;  SESC; SENAC;  SIDIBER;  SINGARO; SINDIELETRICO; SINFARMACIA;  SECOVI; SINVSUL; ABRASEL; CONVENTIONS & VISITORS BUREAU;  SEPD/RO; SINALIMENTOS; SINDIPEÇAS; ABAV/RO;  SESCOOP; Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH-RO)

 

 

3-     Projetos Prioritários

 

O Conetur começou suas atividades em 2015 com ações focadas no município de Ouro Preto do Oeste, região central de Rondônia.  Esse município por contar com um grande potencial turístico e com uma infraestrutura turística mais consolidada foi eleito como projeto-piloto do Conselho e foi contemplado com as primeiras atividades.

Em agosto de 2015 a Fecomércio e SENAC realizaram um diagnóstico de demandas junto ao empresariado local e formataram um pacote de cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional  para atender  as principais necessidades do segmento. Foram realizadas oficinas de aperfeiçoamento para garçons e cozinheiros (as) para atendimento à rede hoteleira e de restaurantes da cidade.

Para 2016, além de Ouro Preto, o Conetur  colocou entre as suas prioridades os municípios de Porto Velho e de Guajará-Mirim.  Em Porto Velho, um grupo de instituições componentes do Conetur, liderados pelo Sebrae, iniciou a execução  do Projeto:  Porto Velho Turismo de Negócios e Eventos. Entre outras coisas o projeto prevê a implantação de um aplicativo para divulgar e integrar  eventos, também  a realização de pesquisa de mercado do turismo na capital. O grande objetivo dessa iniciativa é  potencializar a vocação de Porto Velho para uma cidade de eventos e negócios.

 

Na cidade de Guajará-Mirim, o Conetur estimulou o debate sobre o  turismo, a partir de eventos tradicionais já existentes e a vocação natural para o ecoturismo e o turismo histórico.  Os segmentos envolvidos, com o apoio do Conetur, realizaram um planejamento de curto prazo para incrementar o setor. O mesmo foi feito em Nova Mamoré, que ,apesar de ter potencial natural, o turismo ainda é incipiente.


Ações realizadas em 2015

 

Lançamento e institucionalização do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade de Rondônia -  27.08.15

Realização de Seminário sobre os desafios e oportunidades  da atividade turística – 27.08.15

Realização de worshop de gastronomia regional  pelo SENAC – 27 e 28.11.15 – em Porto Velho

Realização de diagnóstico de demandas em Ouro Preto do Oeste na área de capacitação para o segmento de turismo – agosto

Realização de oficinas de aperfeiçoamento para garçons e  cozinheiros em Ouro Preto do Oeste, em atendimento às demandas identificadas no diagnóstico realizado anteriormente - Novembro

Elaboração do planejamento estratégico do Conselho (2015-2018) e plano de ação para 2016 – 04, 05 e 06 de novembro

 

5-     Ações realizadas em  2016

 

O Conetur  trabalhou em 2016  nos três pólos turísticos :  Porto Velho, Guajará- Mirim e Ouro Preto do Oeste nas seguintes frentes:

 

Institucionalizar do turismo no âmbito do poder público  - incentivando a criação de departamentos ou secretarias municipais de turismo, bem como o fortalecimento dos conselhos municipais de turismo. O Governo Federal já determinou que só repassará recursos para o fomento de turismos aos municípios e estados que tenham conselhos municipais de turismo;

 Identificar, tombar e gestar adequadamente o patrimônio histórico – articulando politicamente junto aos gestores municipais e estadual para que o patrimônio histórico desses municípios sejam devidamente administrados e preservados;

       Capitalizar os eventos que já fazem parte do calendário – incentivando a  promoção e a valorização do que já existe de tradicional nesses pólos, mobilizando o maior número de pessoas;

Realizar um diagnóstico do turismo  – identificando as demandas e oportunidades

                Elaborar um calendário turístico – mapeando os eventos e divulgando-os

        Subsidiar a formatação e a promoção de produtos turísticos para serem  comercializados pelo trade de turismo – promovendo capacitação para o setor a fim de transformar os atrativos turísticos em produtos comercializáveis. Em 2016 o foco  dessa ação foi em Porto Velho;

         Promover capacitação para o setor – preparando mão-de-obra qualificada para melhor atender o turista, bem como qualificando os empresários para fortalecer o setor. Ação focada em Porto Velho e em Ouro Preto do Oeste;

         Captação de recursos municiando  o Poder Público Estadual e Municipal, Bancada Federal, Estadual e Municipal, Frente Parlamentar de Turismo no Congresso Nacional  com informações e demandas necessárias.  O Conetur apresentou aos parlamentares estaduais e da bancada federal propostas de emendas individuais e coletivas para o setor de turismo;

Identificar, tombar e gestar adequadamente o patrimônio histórico e outros pontos turísticos (Em Porto Velho e Guajará-Mirim) - articulando politicamente; reivindicando a preservação do patrimônio às autoridades;

Alfandegamento do aeroporto de Porto Velho - articulando com Governo do Estado, Infraero, Receita Federal e bancada federal para efetivar voos internacionais para passageiros e cargas;

Reestruturação dos aeroportos (Porto Velho, Ji-paraná, Cacoal e Vilhena) - articulando  com Governo do Estado, companhias aéreas e bancada parlamentar estadual e federal;

Redução da Alíquota  de ICMS para combustível de aviação - articulando com Governo do Estado e companhias aéreas.


 

6-     Planejamento para 2017

 

Além de persistir na realização das ações iniciadas em 2016 que são continuadas,   estão no plano de ação do Conetur para 2017:

 

Realizar Estudo de Mercado de Turismo em Porto Velho

 

Produzir e divulgar   Aplicativo  de Eventos em Porto Velho

 

Realizar de Festival Gastronômico em Porto Velho, Ouro Preto e Guajará-Mirim

 

Realizar Seminário Internacional de Turismo em Guajará-Mirim

 

Promover capacitação para formação de guias turísticos em Porto Velho

 

Promover articulação institucional  em favor garantir a inclusão de ações de fomento ao turismo nas propostas de emendas parlamentares ao Orçamento do Estado e da União

 

Trabalhar para o efetivo alfandegamento do aeroporto de Porto Velho para cargas e passageiros

Ler 9908 vezes Última modificação em Quinta, 31 Janeiro 2019 17:54
Avalie este item
(1 Votar)
Suporte

Comunicação

Mais recentes de Suporte